Mensagem do Presidente

 


MENSAGEM

O presidente Júlio Vieira deixou de desempenhar funções na A.F. Leiria, por más e boas razões. Más, porque deixou de coordenar os destinos da mais importante instituição desportiva do distrito de Leiria, da forma exemplar como o vinha a fazer até agora.

As boas dizem respeito ao desempenho de novas funções na Federação Portuguesa de Futebol, na sequência do ato eleitoral realizado há poucas semanas, que ditou a continuidade do Dr. Ferrando Gomes à frente dos destinos desta prestigiada instituição, que ultimamente tem deixado de alegria todos os portugueses, em virtude das diferentes seleções nacionais terem obtido excelentes resultados desportivos.

É habitual dizer-se que não há pessoas insubstituíveis, ou que só faz falta quem está presente, porque o que conta são aqueles que estão a participar no momento, mas, neste caso, não é bem assim, porque não há regra sem exceção.

Esta afirmação não é efetuada, só por questões afetivas em virtude da partilha da sua companhia na direção da A.F. Leiria desde 1999, mas sim por ter verificado, que o Júlio Vieira empregou uma forte dinâmica que permitiu a realização de um certo número de medidas que alteraram completamente a vida desta instituição, como é o exemplo, entre outras da:

· Modernização da sede e serviços da A.F. Leiria, permitindo um acesso cada vez mais fácil e rápida aos dirigentes dos Clubes;

· Implementação de todos os escalões de formação;

· Criação de programas inovadores como é o caso do Futebol de Rua, “Saber Estar no Futebol” e o “ABC” do Futebol;

· Implementar o “Cartão Branco”, como forma de promover o Fair Play;

· Incentivar a prática do Futebol Feminino;

· Defender a criação da “Academia da Arbitragem”;

· Decidir o fim do policiamento obrigatório no Futsal;

· Implementar a “Gala” da A.F. Leiria, de modo a dignificar o Futebol Distrital;

· Presidir à coordenação de todas as Associações Distritais e Regionais de Futebol;

· Estabelecer protocolos de cooperação com todos os Municípios do distrito;

· Aprovar programas de apoio aos Clubes, quando da modernização das infraestruturas desportivas e aquisição de viaturas;

· Realização descentralizada pelo distrito de ações de formação para os diferentes agentes desportivos, sobre assuntos muito importantes para a vida associativa;

· Criação da publicação “Os Campeões do Futebol Distrital”;

· Defender a existência de Núcleos de Árbitros e de Treinadores;

· Defender a ação do Gabinete Técnico como forma de promover a excelência do Futebol através da ação das Seleções Distritais;

· Apresentar soluções para ressarcir os Clubes do valor das inscrições;

· Defesa acérrima da majoração dos direitos dos dirigentes desportivos benévolos dentro do âmbito do Estatuto do Dirigente.

Muitas mais iniciativas se poderiam enumerar, mas julgamos ter destacado aquelas que considero as principais, e que tiveram um efeito significativo no desenvolvimento do Futebol.

Esta alteração foi provocada por o Júlio Vieira ter mudado de vida, ou seja passar a desempenhar funções na FPF. Para já desejamos-lhe boa sorte e esperar que, se conseguir implementar metade do que fez em Leiria, será bom para ele, porque se sentirá bem, mas principalmente será bom para a FPF e para o Futebol português.

Contudo, não podemos deixar passar este momento, sem prestar a justa homenagem pessoal ao presidente Júlio Vieira, e agradecer ter feito parte da equipa que ele criou há 17 anos.

Mas a vida da A.F. Leiria tem de continuar e ultrapassar os inúmeros desafios que temos pela frente, e por isso, pretendemos que, com a coordenação da Direção e em estreita ligação com os Clubes, que são a principal razão da nossa existência, se dê continuidade, ao que está previsto no Plano de Atividades, mas também que se implementem novos programas e se melhore a eficácia da A.F. Leiria, contribuindo, deste modo para o reforço e enriquecimento do Movimento Associativo.

Os Municípios do distrito têm sido o principal parceiro da A.F. Leiria no desenvolvimento do Futebol, nomeadamente nos escalões de formação, assim, contamos melhorar esta ligação, apresentando no futuro protocolos que melhorem as condições dos Clubes.

Não podemos deixar de referir a importante ligação que é preciso manter com todos os Órgãos Sociais, com destaque para o trabalho continuado a desenvolver com o Conselho de Arbitragem e a interação que deve existir com os Núcleos, bem como com o Conselho Técnico no sentido de ajudar a melhorar as condições de prática da modalidade.

Importa também realçar a necessidade de aprofundar a ligação com todos os meios de Comunicação Social, nomeadamente os do distrito, porque são eles que todas as semanas melhor divulgam as atividades desportivas da A.F. Leiria.

Por fim, desejamos que através deste espaço se intensifique a ligação com os nossos filiados, com a divulgação das muitas atividades realizadas ao longo da época desportiva, para a valorização desportiva e social de todos os agentes envolvidos.

SAUDAÇÕES DESPORTIVAS.

Leiria, 12 de agosto de 2016.

Associação de Futebol de Leiria

O Presidente da Direção

Manuel Mendes Nunes

EDITORIAL

CAMPEÕES DO FUTEBOL DISTRITAL – XIª GALA

Completa-se mais um ciclo importante na vida do Futebol Distrital, com a realização da XIª Gala da AFLeiria, sendo de realçar a evolução que se tem verificado em todas as áreas.

Assim, aquilo que podemos destacar, foi sem dúvida a confirmação do modelo de realização dos jogos oficiais em todos os escalões, com a contribuição dos diretores e treinadores dos Clubes, da Comissão de Acompanhamento para Segurança do Futebol/Futsal/Futebol de Praia, do Conselho de Arbitragem, dos Núcleos de Árbitros e principalmente dos próprios árbitros.

Mas ao desejarmos dar maior intervenção cívica ao árbitro, implementámos o “Cartão Branco”, para se elogiar as boas práticas desportivas manifestadas em campo pelos intervenientes diretos, bem como o programa “Saber Estar no Futebol”, para chegar mais perto de todos os agentes de um jogo de Futebol, tendo-se efetuado várias ações junto dos clubes do distrito com bons resultados de participação,

Mas tudo isto não seria possível sem a participação benévola dos muitos dirigentes, que tem efetuado um esforço extraordinário na invenção de soluções, para que os seus Clubes pudessem continuar a intervir no desenvolvimento da nossa modalidade preferida.

E, na maioria dos casos, só tem sido possível, com o apoio dado pelas Autarquias Locais do Distrito de Leiria, que tem efetuado um trabalho excelente, pois tem sido o nosso principal parceiro, em colaboração com as Famílias, no desenvolvimento do Futebol, nomeadamente nos escalões de formação.

O nosso elogio também está direcionado para a ação da Academia da Arbitragem, que tudo tem feito para encontrar as soluções adequadas para o recrutamento e a retenção de árbitros e melhorar a sua atuação em campo, sempre com a preocupação de proporcionar melhores jogos de Futebol. Ao ser, sem dúvida, quem melhor representa a AFLeiria no distrito, todas as semanas, não podemos deixar de relembrar o aumento do seu nível qualitativo, novamente atingido.

Gostaríamos de destacar o Conselho Técnico porque tem vindo a efetuar um enorme esforço na sempre difícil missão de avaliar as condições existentes nos recintos de prática desportiva federada, com a preocupação pedagógica de aumentar o nível futebolístico dos nossos jogadores.

Também os elementos constituintes dos Conselhos de Disciplina, de Justiça, Fiscal e da Assembleia Geral, merecem a nossa gratidão, pelo excelente trabalho que tem efetuado no garante da legalidade das intervenções de todos.

Coma realização da XIª Gala do Futebol Distrital e a publicação da Revista dos Campeões do Futebol Distrital – 2017/2018, pretendemos:

1. Homenagear todos os Campeões Distritais, que com esforço, persistência, criatividade, treino e inteligência conseguiram obter o primeiro lugar nas provas em que competiram;

2. Valorizar o trabalho dos Clubes;

3. Ser um marco na história do desporto distrital;

4. Contribuir para a dignificação do Futebol;

Esta época desportiva foi, sem dúvida, da consolidação de um certo número de medidas, assentes numa política desportiva que pretende a valorização dos seus clubes filiados, em que se melhorou, não só, a vida desta instituição, como tiveram também um efeito significativo no desenvolvimento do Futebol, Futsal e Futebol de Praia, originando a inscrição de 11.014 Jogadores e 786 Equipas.

Merece também a nossa gratidão, a Federação Portuguesa de Futebol, pelos apoios concedidos e a apresentação de programas estruturais inovadores, contribuindo, deste modo, para o reforço do desenvolvimento do Futebol.

É merecida uma palavra de atenção a todos os funcionários da AFLeiria, pois sem eles era completamente impossível colocar em funcionamento esta delicada e pesada “máquina” desportiva.

Com a preocupação de promover a melhoria dos praticantes desportivos, gostaríamos de registar a intervenção efetuada pelo Gabinete Técnico com especial registo na preparação das Seleções Distritais, na realização dos Cursos de Treinadores e das ações de formação. De igual modo, têm sido realizadas muitas iniciativas no sentido de promover o Futebol Feminino, com especial ênfase para o Centro de Formação.

Como o Futebol tem uma forte componente de solidariedade, não podemos esquecer, todos aqueles que passaram momentos muito difíceis e trágicos. De igual modo, iniciámos um projeto que pretende ser um marco na inclusão social com a colaboração de várias instituições.

Por fim, uma palavra amiga, para todos os nossos Clubes filiados pela sua entrega, dedicação e esforço dado a esta nobre causa, que é o Futebol Amador. Agradecemos também às Autarquias Locais, que nos tem apoiado, à Comunicação Social que tem divulgado as nossas provas e iniciativas, aos nossos parceiros/patrocinadores que muito nos tem ajudado a manter uma saúde financeira estável e por fim a todas as Entidades e Particulares, que tem contribuído para concretizar os nossos objetivos

 

SAUDAÇÕES DESPORTIVAS.

Leiria, 14 de setembro de 2018.


Associação de Futebol de Leiria

O Presidente da Direção

Manuel Mendes Nunes